absolutamente bens impenhoraveis

  • Receive alerts:
  • by e-mail
    Your information will be added to a database with the sole purpose of serving your subscription. This database is the exclusive property of vLex Networks S.L. and will never be shared with any other company. By sending your request you accept the Data Protection Policy of vLex Networks S.L.
  • via RSS

7.575 documents for absolutamente bens impenhoraveis
  • PROCESSUAL CIVIL. MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA ATO JUDICIAL. PENHORA DE PENSÃO DE CARÁTER PREVIDENCIÁRIO. AFASTAMENTO DA SÚMULA 267/STF. APLICAÇÃO DA TEORIA DA CAUSA MADURA. IMPOSSIBILIDADE NO CASO CONCRETO. Afasta-se a aplicação da Súmula 267/STF quando o ato judicial impugnado no writ revestir-se de natureza teratológica. Hipótese em que o Tribunal a quo liminarmente indeferiu a petição inicial de Mandado de Segurança que ataca a decisão deferitória da penhora de pensão previdenciária, a despeito de elencada na lista dos bens absolutamente impenhoráveis (art. 649, IV, do CPC). Impossível, porém, aplicar ao caso a denominada "teoria da causa madura", tendo em vista que a autoridade impetrada deve ter assegurado o direito ao contraditório, facultando-se que sejam prestadas inf...

  • EXECUÇÃO. PENHORA. IMPENHORABILIDADE DE BENS NECESSÁRIOS AO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO. ATIVIDADE RURAL. DUPLICIDADE DE BENS. São absolutamente impenhoráveis os bens necessários e úteis para que o executado realize suas atividades profissionais, dentre os quais inclui-se o caminhão e a plaina niveladora. Exegese do artigo 649, inciso VI, do CPC. Impenhorabilidade afastada em relação ao trator, já que o devedor é proprietário de outros bens de mesma finalidade. A penhora sobre o trator não prejudica a continuidade da atividade desenvolvida pelo devedor. Precedentes STJ e TJRS. AGRAVO DE INSTRUMENTO PARCIALMENTE PROVIDO. (Agravo de Instrumento Nº 70055405955, Décima Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Luiz Roberto Imperatore de Assis Brasil, Julgado em 09/10/2013)...

  • PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. IMPENHORABILIDADE DE BEM. ART. 649, V, DO CPC. AUSÊNCIA DE PROVA. SÚMULA 7/STJ. ART. 332 DO CPC. PROVA TESTEMUNHAL. OBJEÇÃO DE IMPENHORABILIDADE. DILAÇÃO PROBATÓRIA. DESCABIMENTO. As diversas leis que disciplinam o processo civil brasileiro deixam claro que a regra é a penhorabilidade dos bens, de modo que as exceções decorrem de previsão expressa em lei, cabendo ao executado o ônus de demonstrar a configuração, no caso concreto, de alguma das hipóteses de impenhorabilidade previstas na legislação, como a do art. 649, V, do CPC, verbis: "São absolutamente impenhoráveis (...) os livros, as máquinas, as ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão". Cabe ao...

  • Embargos à execução fiscal Constrição de ativos financeiros mantidos em conta de titularidade do recorrente Possibilidade Inexistência de prova satisfatória no sentido de que os valores ali mantidos caracterizam bens absolutamente impenhoráveis Mitigação no caso do art. 649 e incisos do CPC Interpretação teleológica da norma - Precedentes R. sentença mantida. Recurso improvido.

  • APELAÇÃO CÍVEL. NEGÓCIOS JURÍDICOS BANCÁRIOS. EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL. EMBARGOS À EXECUÇÃO. PENHORA DE VALORES EM CONTA CORRENTE. IMPOSSIBILIDADE. NATUREZA ALIMENTAR DO VALOR PENHORADO. QUANTIA MANIFESTAMENTE INSUFICIENTE PARA A SATISFAÇÃO DA DÍVIDA. COMISSÃO DE PERMANÊNCIA. COBRANÇA DE FORMA ISOLADA. ADMISSIBILIDADE. CUSTAS PELO ESTADO. CARTÓRIO ESTATIZADO. COBRANÇA. DESCABIMENTO. MULTA MORATÓRIA FIXADA EM 10%. CONTRATO ANTERIOR À VIGÊNCIA DO CDC. POSSIBILIDADE. I. Não se justifica o bloqueio de valores insignificantes frente ao valor total da dívida. Exegese do disposto no art. 659, § 2º, do CPC. II. Os proventos de aposentadoria, tendo em vista sua natureza alimentar, são elencados expressamente na relação de bens absolutamente impenhoráveis do artigo 649 do CPC. III. Segund...

  • AGRAVO REGIMENTAL - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL - EXECUÇÃO DE SENTENÇA - PENHORA DE NUMERÁRIO - JUNTADA DE DOCUMENTOS SEM VISTA À PARTE CONTRÁRIA - AUSÊNCIA DE PREJUÍZO - IMPENHORABILIDADE QUE PODE SER DECLARADA DE OFÍCIO - DECISÃO AGRAVADA MANTIDA - IMPROVIMENTO. - A jurisprudência desta Corte orienta, há muito, que "por regra geral do Código de Processo Civil, não se dá valor a nulidade, se dela não resultou prejuízo para as partes" (REsp 449.099/PR, Rel. Min. FELIX FISCHER, DJ 28.10.2003). - "Há que ser reconhecida nulidade absoluta da penhora quando esta recai sobre bens absolutamente impenhoráveis. Cuida-se de matéria de ordem pública, cabendo ao magistrado, de ofício, resguardar o comando insculpido no artigo 649 do CPC. Tratando-se de norma cogente que contém princípio de o...

  • APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO TRIBUTÁRIO. EMBARGOS DE TERCEIRO. APELO. CONHECIMENTO PARCIAL. ALEGAÇÃO DE PRESCRIÇÃO. INOVAÇÃO RECURSAL. Não merece conhecimento do apelo no tocante a alegação de prescrição do crédito tributário, sob pena de supressão de instância, já que não ventilado no primeiro grau, constituindo inovação recursal. Inclusive, tal matéria deve ser analisada na execução fiscal, ou seja, em demanda própria, e não nos presentes embargos de terceiro, ação diversa. Ademais, a parte embargante não traz qualquer documento capaz de aferir a prescrição, o que reforça o entendimento pelo não conhecimento do pedido. Assim, conhece-se em parte o apelo. PENHORA SOBRE SALÁRIO. DESCABIMENTO. Mostra-se possível a penhora on line sem esgotamento da localização dos bens do executado. Contudo, ...

    ... a observância da relação de bens absolutamente impenhoráveis previstos no artigo 649 do CPC, o ...

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO ADMINISTRATIVO. IMPENHORABILIDADE DE CONTA POUPANÇA QUE VALOR NÃO ULTRAPASSE 40 SALÁRIOS MÍNIMOS. Com o advento da Lei nº 11.382/06, a qual alterou o Código de Processo Civil, restaram incluídos os depósitos e aplicações em instituições financeiras como bens preferenciais na ordem de penhora, equiparando-os a dinheiro em espécie (art. 655, I), ao mesmo que restou permitido a realização da constrição por meio eletrônico (art. 655-A). Contudo, a adoção desse procedimento exige a observância da relação de bens absolutamente impenhoráveis previstos no artigo 649 do CPC, o qual, em seu inciso X, estabelece como impenhorável a quantia depositada em caderneta de poupança até o limite de quarenta (40) salários mínimos. No presente caso, analisando os autos, observ...

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO PRIVADO NÃO ESPECIFICADO. AÇÃO MONITÓRIA. CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. PENHORA DE PERCENTUAL DA REMUNERAÇÃO PERCEBIDA PELA DEVEDORA. IMPOSSIBILIDADE. INCISO IV DO ART. 649 DO CPC. IMPENHORABILIDADE ABSOLUTA. O art. 649 do Código de Processo Civil define como absolutamente impenhoráveis determinados bens, entre eles os vencimentos, subsídios, soldos, salários, remunerações, proventos de aposentadoria, pensões, pecúlios e montepios (inciso IV), com ressalva apenas quando se tratar de prestações alimentares (§2º), do que não se trata no caso em tela. Inviável, portanto, por esbarrar em expressa disposição legal, a pretensão do credor de penhorar parcela dos vencimentos percebidos pela executada. NEGADO SEGUIMENTO AO RECURSO. (Agravo de Instrumento Nº 70057489205,...

  • APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO TRIBUTÁRIO. EMBARGOS À PENHORA. IMPENHORABILIDADE VACAS LEITEIRAS, ESSENCIAIS À SUBSISTÊNCIA DO APELADO E DE SUA FAMÍLIA. 1. Responde pelo pagamento da Dívida Ativa da Fazenda Pública a totalidade dos bens e das rendas do devedor, podendo sobre estes recair a penhora, excetuados unicamente os bens e rendas que a lei declara absolutamente impenhoráveis, dentre os quais se incluem instrumentos e demais bens móveis necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão. Inteligência dos arts. 10 e 30 da LEF e 649, V, do CPC. 2. Caso em que, comprovada a utilização dos semoventes, pelo embargante, em sua atividade rural de subsistência - independentemente da circunstância de o ser por consumo próprio do leite auferido, pelo produto de sua venda, ou mesmo pela conjug...

ver las páginas en versión mobile | web

ver las páginas en versión mobile | web

© Copyright 2014, vLex. All Rights Reserved.

Contents in vLex Brazil

Explore vLex

For Professionals

For Partners

Company