insolvente civil

  • Receive alerts:
  • by e-mail
    Your information will be added to a database with the sole purpose of serving your subscription. This database is the exclusive property of vLex Networks S.L. and will never be shared with any other company. By sending your request you accept the Data Protection Policy of vLex Networks S.L.
  • via RSS

More than 10.000 documents for insolvente civil
  • TRIBUTÁRIO. EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL. INSOLVÊNCIA CIVIL. EXCLUSÃO DA MULTA. JUROS MORATÓRIOS. APLICAÇÃO ANALÓGICA DA LEI DE FALÊNCIAS. POSSIBILIDADE. A Lei de Falências há de ser aplicada analogicamente à execução de quantia certa contra devedor insolvente nos casos em que a lei processual civil apresenta-se omissa, como sói ocorrer quanto à multa moratória e aos juros, porquanto ubi eadem ratio ubi eadem dispositio. (Precedente: REsp 21.255/PR, Rel. MIN. SALVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA, QUARTA TURMA, DJ 21/11/1994) 2. É que, declarada a insolvência, cria-se uma universalidade do juízo concursal, ocorrendo a intervenção do administrador da massa, situação similar à engendrada quando da decretação de falência, vislumbrando-se identidade dos institutos no tocante à sua causa e fin...

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROMESSA DE COMPRA E VENDA. EXECUÇÃO. PRELIMINAR DE ILEGITIMIDADE RECURSAL ATIVA. PARTE FIRMA INDIVIDUAL. RECURSO INTERPOSTO PELA PESSOA FÍSICA. EQUIPARAÇÃO ENTRE A PESSOA FÍSICA E A JURÍDICA. LEGITIMIDADE RECONHECIDA. PREFACIAL REJEITADA. MÉRITO. PENHORA SOBRE BEM PERTENCENTE A INSOLVENTE CIVIL. CABIMENTO. CONSTRIÇÃO QUE NÃO TEM O CONDÃO DE ARREDAR AS PREFERÊNCIAS DO PROCESSO DE INSOLVÊNCIA. PENHORA MANTIDA. PRELIMINAR REJEITADA E RECURSO DESPROVIDO. UNÂNIME. (Agravo de Instrumento Nº 70045707650, Décima Oitava Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Pedro Celso Dal Pra, Julgado em 24/11/2011)

  • AGRAVO REGIMENTAL - PROCESSUAL CIVIL - PESSOA JURÍDICA - NECESSIDADE DE COMPROVAÇÃO DO ESTADO DE HIPOSSUFICIÊNCIA - MASSA INSOLVENTE - IRRELEVÂNCIA - RECURSO IMPROVIDO. (AgRg no Ag 1355834/MS, Rel. Ministro MASSAMI UYEDA, TERCEIRA TURMA, julgado em 17/05/2011, DJe 07/06/2011)

  • ADMINISTRATIVO E PROCESSUAL CIVIL. RESPONSABILIDADE CIVIL DO BACEN. SUPOSTA OMISSÃO EM INTERVENÇÃO EM BANCO INSOLVENTE. OFENSA AO ART. DO CPC. INEXISTÊNCIA. QUEBRA DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA. EVENTUAL PREJUÍZO DE INVESTIDORES. NEXO DE CAUSALIDADE. AUSÊNCIA. Não cabe falar em ofensa ao art. 535 do CPC quando o acórdão recorrido se pronuncia de modo inequívoco e suficiente sobre a questão posta nos autos. A controvérsia cinge-se à eventual responsabilidade do Banco Central do Brasil em indenizar investidor ante prejuízos sofridos pela inadimplência de títulos de crédito que tinham como devedor o Banco Pontual S.A., instituição financeira que fora submetida aos regimes de intervenção e de liquidação extrajudicial. Não há nexo de causalidade entre a eventual conduta omissiva d...

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROMESSA DE COMPRA E VENDA. EXECUÇÃO. PRELIMINAR DE ILEGITIMIDADE RECURSAL ATIVA. PARTE FIRMA INDIVIDUAL. RECURSO INTERPOSTO PELA PESSOA FÍSICA. EQUIPARAÇÃO ENTRE A PESSOA FÍSICA E A JURÍDICA. LEGITIMIDADE RECONHECIDA. PREFACIAL REJEITADA. MÉRITO. PENHORA SOBRE BEM PERTENCENTE A INSOLVENTE CIVIL. CABIMENTO. CONSTRIÇÃO QUE NÃO TEM O CONDÃO DE ARREDAR AS PREFERÊNCIAS DO PROCESSO DE INSOLVÊNCIA. PENHORA MANTIDA. PRELIMINAR REJEITADA E RECURSO DESPROVIDO. UNÂNIME. (Agravo de Instrumento Nº 70045707650, Décima Oitava Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Pedro Celso Dal Pra, Julgado em 24/11/2011)

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROCESSO EM FASE DE EXECUÇÃO. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. BENEFÍCIO DE ORDEM. Impossível vislumbrar-se violação direta à CF/88, conforme determina o § 2º do art. 896 da CLT, uma vez que, para o deslinde da controvérsia, necessário seria questionar a aplicação das leis ordinárias que regem a matéria sub judice, como é o caso dos artigos 828, inciso III, do Código Civil, que afasta o benefício de ordem do fiador quando o devedor principal for insolvente ou falido, bem como da Lei nº 11.101/05, que regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária. MULTA POR EMBARGOS DECLARATÓRIOS PROTELATÓRIOS. A multa por embargos declaratórios protelatórios é regida pela legislação infraconstitucional, e, portanto, eventual viola...

  • PROCESSUAL CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO - DECLARAÇÃO DE INSOLVÊNCIA CIVIL - EXPEDIÇÃO DE OFÍCIO PARA LOCALIZAÇÃO DE BENS E AÇÕES DA MASSA INSOLVENTE E PARA INFORMAR A DECRETAÇÃO DE INSOLVÊNCIA A ÓRGÃOS PÚBLICOS - NECESSIDADE - ADMINISTRADOR DA INSOLVÊNCIA - MUNUS PÚBLICO EXERCIDO ATRAVÉS DE MEDIDAS JUDICIAIS - RECURSO PROVIDO.

  • AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROMESSA DE COMPRA E VENDA. EXECUÇÃO. PRELIMINAR DE ILEGITIMIDADE RECURSAL ATIVA. PARTE FIRMA INDIVIDUAL. RECURSO INTERPOSTO PELA PESSOA FÍSICA. EQUIPARAÇÃO ENTRE A PESSOA FÍSICA E A JURÍDICA. LEGITIMIDADE RECONHECIDA. PREFACIAL REJEITADA. MÉRITO. PENHORA SOBRE BEM PERTENCENTE A INSOLVENTE CIVIL. CABIMENTO. CONSTRIÇÃO QUE NÃO TEM O CONDÃO DE ARREDAR AS PREFERÊNCIAS DO PROCESSO DE INSOLVÊNCIA. PENHORA MANTIDA. PRELIMINAR REJEITADA E RECURSO DESPROVIDO. UNÂNIME. (Agravo de Instrumento Nº 70045707650, Décima Oitava Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Pedro Celso Dal Pra, Julgado em 24/11/2011)

  • APELAÇÕES CÍVEIS. DIREITO PRIVADO NÃO ESPECIFICADO. EMBARGOS DE TERCEIRO. VENDA REALIZADA POR INSOLVENTE CIVIL. MASSA INSOLVENTE. Conjunto probatório contido nos autos que autoriza reconhecer que a venda do imóvel se deu em fraude ao concurso de credores instaurado, já que realizada depois da decretação da insolvência do vendedor, estando o comprador ciente desta condição. Juízo de improcedência mantido. Deferido benefício da gratuidade da Justiça à massa insolvente, ante a presunção de necessidade. Verba honorária devida ao procurador da massa insolvente majorada. Fixação equitativa, consoante regra do art. 20, §4º do CPC. APELAÇÃO DO EMBARGANTE IMPROVIDA E DA EMBARGADA PROVIDA. (Apelação Cível Nº 70037222569, Décima Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: L...

  • APELAÇÃO CÍVEL. NEGÓCIOS JURÍDICOS BANCÁRIOS. INSOLVÊNCIA CIVIL. HABILITAÇÃO DE CREDITO. PRELIMINAR. ILEGITIMIDADE PASSIVA. MASSA INSOLVENTE. Tratando-se de pedido de habilitação de credito e não de ação direta de que cogita o art. 784 do CPC, a legitimidade passiva é da massa insolvente. PRELIMINAR. NULIDADE. AUSÊNCIA DE CITAÇÃO DOS INSOLVENTES. Reconhecida a carência de ação, após a citação da massa, inviável se declarar a nulidade do processo, por ausência de citação dos insolventes. Aplicação do § 2º do art. 249 do CPC. APELO DA MASSA INSOLVENTE. DESERÇÃO. Incabível o pedido de pagamento de custas ao final. Porém, no caso concreto, a fim de evitar prejuízos a apelante, uma vez que deferido esse pedido pelo Juízo a quo, deve-se admitir o pagamento das custas quando do retorno dos au...

ver las páginas en versión mobile | web

ver las páginas en versión mobile | web

© Copyright 2014, vLex. All Rights Reserved.

Contents in vLex Brazil

Explore vLex

For Professionals

For Partners

Company